Seu navegador não tem suporte a JavaScript.

Notícia

Notícia Opinião e Política

09/10/2018 19:52 h

Veja cantoras gospel que se deram bem ou mal no primeiro turno

Veja cantoras gospel que se deram bem ou mal no primeiro turno

Várias cantoras gospel concorreram no pleito eleitoral de 2018, algumas surpresas marcaram o resultado das eleições na lista de mulheres evangélicas, bem como, entre os homens famosos do meio gospel que disputaram uma vaga em Brasília.

Confira a lista de quem ganhou ou perdeu

Lauriete (PR) – Eleita

A cantora gospel Lauriete foi eleita Deputada Federal pelo estado do Espirito Santo, com 51.983 votos.

Esposa do senador Magno Malta [Que não se reelegeu], Lauriete já foi deputada e retorna à Brasilia depois de uma campanha bastante difícil no estado.

Vanilda Bordieri – (PATRI) Não foi eleita

A cantora gospel Vanilda Bordieri não conseguiu ser eleita deputada federal por São Paulo. A artista recebeu 18.604 votos, um percentual de 0,09% dos votos válidos.

Mara Lima  (PSC) – Não foi eleita

A cantora gospel Mara Lima, não conseguiu se reeleger deputada estadual pelo estado do Paraná. A parlamentar recebeu 33.866 votos, um percentual de 0,59%.

Flordelis (PSD) – Eleita

A cantora gospel Flordelis foi eleita deputada federal pelo estado do Rio de Janeiro. Com o apoio do dono da MK, o eleito Senador Arolde de Oliveira, condenado por fraude, Flor recebeu 196.959 votos, um percentual de 2,55%.

Cristina Mel (PATRI) – Não foi eleita

A cantora gospel Cristina Mel concorreu a uma vaga de deputada Federal pelo Rio de Janeiro, mas não logrou êxito. A artista recebeu 9.882 votos, um percentual de 0,13%.




Fonte: da Redação


  • Veja cantoras gospel que se deram bem ou mal no primeiro turno






www.jornalcorreiodovale.com.br