Seu navegador não tem suporte a JavaScript.

Notícia

Geral

11/11/2018 18:00 h

TRAGÉDIA: Rio São Miguel é contaminado e peixes aparecem mortos e população ribeirinhas sofrem

TRAGÉDIA AMBIENTAL: Moradores sofrem com rio contaminado em Porto Murtinho, distrito de São Francisc

Da redação

Os ribeirinhos são forçados a suspender a pesca e consumo da água, enquanto agrotóxicos ou algum dejeto contamina o rio

Moradores do Distrito de Porto Murtinho, em São Francisco do Guaporé, interior de Rondônia à 631 km de Porto Velho, chamam atenção para o possível descarte incorreto de resíduos de agrotóxicos no Rio São Miguel. Eles registraram imagens e vídeos de vários pontos do rio que comprovam a contaminação. Os ribeirinhos são forçados a suspender a pesca e consumo da água, enquanto agrotóxicos ou algum dejeto contamina o rio, sendo a causa da mortalidade de peixes, envenenando tucunarés, pintados, pirararas, arraias, aves e outras espécies aquáticas, que diariamente aparecem mortos ao longo das margens do rio. Além de prejudicar o abastecimento de água e afazeres da comunidade, que utilizam o rio muitas vezes para lavar louças e roupas.

De acordo com os moradores, essa situação começou no último domingo (04), e para os mesmos, é devido as fazendas e sítios existentes na região. Eles informam que não estão podendo se conformar com a situação do rio e córregos aos arredores. Os moradores pedem mais fiscalização por parte da Secretaria do Meio Ambiente, que realiza o monitoramento e acompanham o caso. É preciso um melhor diagnóstico do que vem ocorrendo. Da mesma forma os moradores pedem que a Secretaria de Estado do Desenvolvimento Ambiental (Sedam), e do Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio), que tomem conhecimento urgente da situação.

Os moradores daquele distrito cobram mais conscientização por parte dos fazendeiros, sitiantes e da própria população. “As pessoas também precisam se conscientizar, não adianta só cobrar das autoridades. 

A comunidade sobrevive da pesca e cobra fiscalização principalmente da Sedam e ICMBio, para que sejam feitas analises na água do rio São Miguel, no distrito Porto Murtinho, onde os moradores estão sofrendo com a provável poluição proveniente das fazendas e sítios localizados na região. Muitos moradores relataram até possíveis problemas de saúde, devido o consumo da água e peixes contaminados.

Um morador disse ao Jornal Correio do Vale que já comunicaram as autoridades responsáveis nesta semana. "Esperamos que as autoridades se comprometam a fiscalizar e buscar soluções para a comunidade do Distrito de Porto Murtinho que sobrevive da pesca. As autoridades precisam ir até os locais indicados e ver o que está acontecendo. O consumo de água e peixes contaminados são extremamente perigosos. A situação é gravíssima e pedimos providências urgentes”.



Fonte: Texto: Jornal Correio do Vale


  • TRAGÉDIA AMBIENTAL: Moradores sofrem com rio contaminado em Porto Murtinho, distrito de São Francisc






www.jornalcorreiodovale.com.br