Seu navegador não tem suporte a JavaScript.

Notícia

Notícia Opinião e Política

21/06/2019 08:31 h

Pedra se destaca em meio a vegetação e vira ponto turístico em Cacoal, RO

Pedra se destaca em meio a vegetação e vira ponto turístico em Cacoal, RO

Para chegar no alto da pedra, o caminho não é fácil. Após cerca de vinte minutos de caminhada e 107 metros percorridos, surge a paisagem como recompensa

A ‘pedrona’ da linha 10 é conhecida por muitos como ponto turístico de Cacoal (RO), município a 480 quilômetros de Porto Velho. O lugar que se destaca pela vista que revela a cidade a quem chega no topo, está localizada na área rural de Cacoal.

Para chegar no topo, os moradores, turistas e aventureiros precisam percorrer um trajeto de mais de 100 metros e o caminho não é fácil. Mas para quem gosta de adrenalina o passeio é maravilhoso, como é caso do Grupo Anjos da Trilha, que se aventurou até o topo da rocha.

Antes do início da subida, há um curto caminho plano. Depois de alguns minutos de caminhada a subida começa, e dali em diante o trajeto começa a ficar mais difícil, e tem até gente que prefere subir sobre duas rodas.

“Essa subida é um lazer e cada vez que venho é uma emoção diferente”, destacou o trilheiro José Albano.

Trilheiros optaram por subir a pedra com auxílio de motocicletas — Foto: Reprodução/Rede Amazônica

O caminho é longo e tem alguns obstáculos, para os que decidem fazer o percurso sobre duas rodas. As quedas são inevitáveis, mas nada que desanime os aventureiros. E enquanto os trilheiros se desafiam de moto, outros preferem subir a pé. Como é o caso da esteticista Leila Cordeiro. Ela e o marido são amantes dos esportes radicais e essa não é a primeira vez que enfrenta o desafio de subir na pedrona da linha 10.

“Eu já vim de bike, já vim a pé, de moto e pra mim é sempre uma emoção. A cada vez descubro uma nova beleza”, define a aventureira.

Motociclistas redobram atenção para trilha em pedra de Cacoal — Foto: Reprodução/Rede Amazônica

Quando os trilheiros chegam no ponto mais inclinado da pedra, percebem que precisam redobrar a atenção e os esforços. Desse ponto do caminho em diante, lindos cenários se revelam, um caminho que a natureza esculpiu. Após cerca de vinte minutos de caminhada, 107 metros percorrido, surge a recompensa: uma paisagem linda.

“Primeira vez que trago meu bebê. Eu já havia vindo há dois anos e acho que vale muito a pena essa vista, conseguir enxergar o pôr do sol de um lado e do outro lado o nascer da lua, a vista é incrível”, classificou a fisioterapeuta Maiara Tassi.

Maiara levou a família para conhecer o local — Foto: Reprodução/Rede Amazônica

O local parece mágico, atrai casais apaixonados, famílias que procuram um momento de sossego e até aqueles que trazem no sangue a adrenalina, se rendem a bela vista.

“É muito gratificante, as pessoas que sobem se sentem livres. O vento é constante, a gente se sente praticamente no céu”, afirmou o trilheiro Ulisses Silva Santos.

Motociclista sobe em pedra que se tornou ponto turístico em Cacoal — Foto: Reprodução/Rede Amazônica

Moradores de Cacoal aproveitam vista do topo da pedra — Foto: Reprodução/Rede Amazônica

Pedra com mais de 100 metros se torna ponto turístico em Cacoal — Foto: Reprodução/Rede Amazônica

Turistas visitam a pedra para apreciar o pôr do sol — Foto: Reprodução/Rede Amazônica




Fonte: G1-RO


  • Pedra se destaca em meio a vegetação e vira ponto turístico em Cacoal, RO






www.jornalcorreiodovale.com.br