Seu navegador não tem suporte a JavaScript.

Notícia

Saúde

20/10/2018 10:09 h

Maurão de Carvalho diz que matéria sobre fechamento da casa de apoio em Barretos é mentirosa e maldo

Maurão de Carvalho diz que matéria sobre fechamento da casa de apoio em Barretos é mentirosa e maldo

O presidente da Assembleia Legislativa, Maurão de Carvalho (MDB), rebateu a matéria publicada em um site, que o acusava de, após as eleições, ter fechado a Casa de Apoio O Samaritano, que o parlamentar mantém em Barretos (SP), para atender aos pacientes de Rondônia que vão em busca de tratamento contra o câncer.

O deputado classificou como "mentirosa e maldosa" a divulgação pelo site de que ele teria determinado o fechamento imediato do espaço que há dez anos recebe pacientes e acompanhantes, de forma gratuita, sendo uma referência para quem sai de Rondônia em busca de tratamento em Barretos.

"Não é verdade que demos um prazo curto para que as pessoas desocupassem a Casa. Primeiro, porque vou manter a casa funcionando até o final do ano. Depois, que seria uma atitude desumana de minha parte, o que não condiz com a minha postura, que mantive esse espaço de portas abertas aos pacientes de Rondônia que enfrentam essa terrível doença", desabafou.

Acometido por um câncer há uma década, Maurão fez tratamento em Barretos e lá conheceu a dura realidade dos milhares de pacientes que saiam todos os anos de Rondônia, para também se tratarem. Então, decidiu criar uma casa de apoio apara acolher a todos, atendendo ao pedido das pessoas e, também, como forma de agradecer a Deus pela cura da doença.

"A matéria foi pura maldade, uma mentira grave, com a finalidade de buscar audiência e sem respeitar o nosso trabalho ao longo desse tempo todo. Perdi a eleição e sempre têm aqueles que se aproveitam para tentar nos denegrir e nos diminuir, mas não vão conseguir, pois temos trabalho prestado", acrescentou.

Parcerias

Além de garantir que as portas de O Samaritano vão ficar abertas até o final deste ano, Maurão anunciou que está buscando, junto com empresários e amigos, a manutenção da casa em 2019. Mais de 10 mil pacientes já passaram pela Casa.

"Mantive ao longo desses dez anos com recursos próprios. É do meu salário como deputado que custeio o funcionamento da casa. Agora, peço que formemos uma corrente do bem, para que as pessoas possam se juntar e nos ajudar a manter as portas de O Samaritano abertas a quem precisa", conclamou.

Hospital do Amor


Fonte: da Redação


  • Maurão de Carvalho diz que matéria sobre fechamento da casa de apoio em Barretos é mentirosa e maldo






www.jornalcorreiodovale.com.br