Seu navegador não tem suporte a JavaScript.

Notícia

Notícia Geral

09/01/2019 11:31 h

Jovem mata vizinho de sítio e desova corpo no Rio Iquê

Jovem mata vizinho de sítio e desova corpo no Rio Iquê

O corpo de Julmar de Paula Vieira, de 46 a anos, assassinado com um tiro de espingarda na cabeça, no dia de Natal, foi localizado pela Polícia Civil, na tarde desta terça-feira, 08, no rio Iquê, localizado no quilômetro 60 da BR-174, área rural de Vilhena.

O homem que já tinha sido dado como desaparecido pelo proprietário do sítio onde estava residindo, foi a um bar com amigos e não retornou mais.

Porém, um jovem, conhecido por “Carlinhos” e que reside próximo ao local, disse ao proprietário, que havia estado com Julmar até às 20h00 daquele dia e desde então também não o viu mais.

No entanto, a suspeita do denunciante de que “Carlinhos” pudesse ter feito algo contra Julmar, levou os policiais  a questionar o suspeito, que de fato se chama Carlos André Vieira Zimermamm, de 32 anos, que hoje acabou confessando ter a assassinado o caseiro e desovado seu corpo no rio Iquê.De acordo com Carlos, que neste momento presta depoimento na delegacia, ele matou Julmar devido este ter furtado sua motosserra.O corpo do caseiro foi localizado pelos agentes do Serviço de Identificação e Captura (Servic), da Delegacia de Homicídios e por mergulhadores do Corpo de Bombeiros já em estado de putrefação e foi removido pela funerária Dom Bosco.

Há informações de que Julmar é irmão de um policial militar que atua em um município próxima a Porto Velho.



Fonte: Extra de Rondônia


  • Jovem mata vizinho de sítio e desova corpo no Rio Iquê






www.jornalcorreiodovale.com.br