Seu navegador não tem suporte a JavaScript.

Notícia

Geral

29/11/2018 13:51 h

Alvorada do Oeste RO perde quatro médicos do Programa Saúde da Família e prevê teste seletivo

Alvorada do Oeste RO perde quatro médicos do Programa Saúde da Família

Da redação

Devido o rompimento do Governo Cubano com o Governo Brasileiro, em relação ao "Programa Mais Médicos" para o Brasil, o município de Alvorada do Oeste deixará de atender aproximadamente entre cento e vinte a cento sessenta pacientes diários.

Segundo o secretário de saúde José João de Alvorada do Oeste, a Saúde perdeu o único médico cubano que atendia no município, e com o edital de chamamento para suprir a ausência do "Programa Mais Médicos", o município não foi contemplado, porem, os três médicos que atuavam nas equipes convencionais da  "Saúde da Família" do Distrito de Terra Boa, Bairro Alto Alegre e Centro de Saúde São Marcos/Casa da Gestante, se escreveram no "Programa Mais Médicos" para os municípios de Seringueiras e Rolim de Moura.

Caso os mesmo venham assumir o citado programa nos municípios mencionados, a população de Alvorada de Oeste ficará sem atendimento na Atenção Básica por tempo indeterminado. Diante da situação, o prefeito Municipal José Walter da Silva, informou que está tomando todas as providências possíveis para a realização de um novo teste seletivo para atender o Programa Saúde da Família, pois entende que é a base de sustentação da prevenção da saúde da população.

Por estes acontecimentos, a administração municipal pede a compreensão da população, mesmo porque a medida do Governo Cubano pegou de surpresa, não só o município de Alvorada do Oeste, como os demais municípios brasileiros.



Fonte: Jornal Correio do Vale


  • Alvorada do Oeste RO perde quatro médicos do Programa Saúde da Família






www.jornalcorreiodovale.com.br