Seu navegador não tem suporte a JavaScript.

Notícia

Religião

06/12/2017 16:48 h

Trump reconhece Jerusalém como capital e fala em “acordo de paz para os dois lados”

Trump reconhece Jerusalém como capital e fala em “acordo de paz para os dois lados”

O presidente Donald Trump anunciou na tarde desta quarta-feira (6) que os Estados Unidos reconhecem Jerusalém como capital de Israel, cumprindo a decisão do Congresso americano que aprovou a lei em 1995. O republicano fez seu pronunciamento tendo ao lado o vice-presidente Mike Pence, um evangélico praticante que já havia adiantado a decisão na semana passada.

Esta era uma promessa de campanha da chapa, que ele cumpre agora, deixando claro que já iniciam os preparativos para a mudança da embaixada de Tel Aviv para Jerusalém, ainda sem data definida.

Em seu discurso, Trump frisou que isso não significa uma intromissão direta nos debates entre israelenses e palestinos sobre os limites geográficos disputados. “Meu anúncio marca o começo de uma nova abordagem no conflito entre Israel e palestinos”, insistiu o presidente.

“Com este anúncio, reafirmo o comprometimento da minha administração com um futuro de paz”, assegurou. Trump explica que os EUA estão “profundamente comprometidos” em facilitar um “acordo de paz aceitável” tanto para israelenses como para palestinos. Não descartou apoiar uma “solução de dois Estados” no Oriente Médio, caso os dois lados concordem.

Os palestinos exigem Jerusalém Oriental como a capital de seu futuro Estado, e a comunidade internacional não reconhece a reivindicação israelense sobre a cidade, reunificada em 1967, após a Guerra dos Seis Dias.


Fonte: Gospel Primer


  • Trump reconhece Jerusalém como capital e fala em “acordo de paz para os dois lados”






www.jornalcorreiodovale.com.br