Seu navegador não tem suporte a JavaScript.

Notícia

Notícial Geral

26/08/2017 00:48 h

Segundo denunciante, jovem assassinada em Vilhena ainda estava viva quando foi encontrada

Segundo denunciante, jovem assassinada em Vilhena ainda estava viva quando foi encontrada

O Extra de Rondônia teve acesso ao boletim de ocorrências da morte da jovem Jaqueline Fagundes de Souza, de 20 anos, encontrado no fim da manhã desta quinta-feira, 24, próximo à Cooperativa Cooperfrutos, a 20 Km de Vilhena, sentido Juína, e segundo consta no mesmo, o denunciante afirmou que a jovem ainda estava viva quando a encontrou.

O autor da denúncia, que não quis se identificar, teria dito que havia encontrado uma mulher baleada, afirmando que ela ainda estava viva, porém que não aguardaria a chegada da polícia e sim, deixaria um tronco de árvore na estrada, informando o local exato de onde o corpo estava.

Diante da informação de que a jovem ainda respirava, a polícia militar acionou o Corpo de Bombeiros e se deslocaram até o referido endereço, porém, acabaram constatando o óbito de Jaqueline, que não apresentava sinais de violência física, além de uma única perfuração a bala, de uma arma de grosso calibre.

Após a confirmação da morte por parte dos Bombeiros, a Perícia Técnica foi acionada e constatou que o crime realmente havia ocorrido naquelas horas, liberando o corpo para remoção.

Em contato com o delegado Regional Fábio Campos, o mesmo afirmou que a Polícia Civil está investigando o caso que possui todos os indícios de execução, devido o tiro ter sido efetuado na parte de trás da cabeça, saindo na bochecha esquerda. O delegado afirmou ainda, que Vilhena já estava a mais de um mês sem registro de homicídio, o que não tem sido comum nos últimos anos.

Segundo a família da vítima, a mesma teria vindo morar em Vilhena a pouco mais de 20 dias, devido ter sido ameaçada de morte na cidade de Cacoal, onde está sendo velada e será sepultada.


Fonte: Extra de Rondônia


  • Segundo denunciante, jovem assassinada em Vilhena ainda estava viva quando foi encontrada






www.jornalcorreiodovale.com.br