Seu navegador não tem suporte a JavaScript.

Notícia

Notícial Geral

16/07/2017 12:14 h

Reunião para militarizar escola na capital termina em spray de pimenta na cara de professores VÍDEO

Reunião para militarizar escola na capital termina em spray de pimenta na cara de professores VÍDEO

A audiência pública acabou em muita revolta, com os ânimos exaltados e policiais militares se posicionando para um possível confronto. "Foi um fracasso ", resumiu um sindicalista com os olhos lacrimejando pelo spray de pimenta. 

Uma audiência pública realizada na noite desta sexta-feira na Escola Estadual Capitão Cláudio, na Zona Sul de Porto Velho, terminou num incidente envolvendo professores, pais de alunos e membros da comunidade que acompanhavam o evento. Um dos policiais militares acionou o spray de pimenta e acabou com a reunião comandada pelo deputado estadual Jesuíno Boabaid (PMN), parlamentar egresso da corporação e que quer militarizar pelo menos três escolas na capital - Flora Calheiros, Oswaldo Piana e a própria Capitão Cláudio. 

Estavam presentes na audiência pública, além do próprio Jesuíno, sindicalistas, representantes da Seduc, dos alunos e da comunidade. Em discussão, a gestão da escola por policiais militares. O argumento de Jesuíno, autor da proposta, é reduzir o índice de violência nestes estabelecimentos de ensino. 

No entanto, o incidente com o spray de pimenta - acidental ou não - acabou com a audiência. A população ficou revoltada com os policiais. Houve quem acusasse os PMs de sabotar a reunião. 


Fonte: Tudo Rondônia

  • Reunião para militarizar escola na capital termina em spray de pimenta na cara de professores VÍDEO






www.jornalcorreiodovale.com.br