Seu navegador não tem suporte a JavaScript.

Notícia

Notícial Geral

09/11/2017 08:40 h

Polícia encontra casa de suposto cativeiro para manter grávida no interior de RO

Polícia encontra casa de suposto cativeiro para manter grávida no interior de RO

A Polícia Militar (PM) de Monte Negro (RO), na região do Vale do Jamari, divulgou nesta quarta-feira (8) fotos de uma suposta casa que teria servido de cativeiro para a estudante Tainá Carina de Lima Mendonça, de 21 anos, que está desaparecida desde o último dia 27 de outubro.

A casa, segundo a polícia, fica localizada na região rural de Monte Negro, a poucos quilômetros da residência da estudante. Os policiais chegaram ao local por meio de denúncia anônima.

N a casa, segundo foi divulgado, a PM encontrou uma cama sem colchão e embalagens de remédios.

Também foi encontrada uma pedra amarrada a uma corda. A estudante, que está grávida, com parto marcado para a próxima semana, não foi encontrada na residência.

Agora a Polícia Civil vai investigar se a casa foi realmente utilizada para manter Tainá como refém. A estudante desapareceu de Monte Negro depois que foi procurar o pai da criança que ela espera, para cobrar uma pensão.

O nascimento do bebê está previsto para a terça-feira, dia 14 de novembro.

A polícia chegou a dizer que tratava o caso como assassinato, mas a família fez um protesto na última terça-feira (7) para cobrar uma resposta sobre o desaparecimento. A mãe da estudante acredita que ela está viva.

A Polícia Civil disse que, somente a perícia poderá dizer se a residência foi realmente usada como cativeiro.


Fonte: G1 RO


  • Polícia encontra casa de suposto cativeiro para manter grávida no interior de RO






www.jornalcorreiodovale.com.br