Seu navegador não tem suporte a JavaScript.

Notícia

Saúde

07/03/2018 15:31 h

Lotes do medicamento para câncer foram falsificados

Lotes do medicamento para câncer foram falsificados

A Anvisa proibiu 11 lotes falsificados do medicamento oncológico Sutent® na embalagem com 28 cápsulas de 50 mg. São falsificados os lotes 746EE, 747EE, 748EE, 190EE, 045AA, 191EE, 189EE, 985EE, 986EE, 987EE e 749EE. A resolução foi publicada nessa segunda-feira (5) no Diário Oficial da União (DOU).

A denúncia sobre a fraude foi levada à Anvisa pelo fabricante do produto, o Laboratório Pfizer Ltda.  Nesta segunda-feira (5/3), por meio da Resolução (RE) 512/18, a Anvisa determina que sejam apreendidos e inutilizados os lotes falsificados.

O medicamento oncológico Sutent® (malato de sunitinibe) é comercializado em diferentes dosagens, cápsulas de 12,5 mg, 25 mg ou 50 mg, em embalagens com 28 cápsulas. A fraude detectada pela indústria que detém o registro, a Pfizer, foi produzida contra a apresentação de 50 mg.

O Sutent® (malato de sunitinibe) é indicado para o tratamento de um tipo de câncer gastrintestinal, o tumor estromal gastrintestinal, para câncer metastático de células renais avançado e no tratamento de tumores neuroendócrinos pancreáticos não ressecáveis.



Fonte: Notícias ao Minuto


  • Lotes do medicamento para câncer foram falsificados






www.jornalcorreiodovale.com.br