Seu navegador não tem suporte a JavaScript.

Notícia

Geral

12/05/2018 07:34 h

Exército faz apreensões calculadas em mais de R$ 20 milhões

Exército faz apreensões calculadas em mais de R$ 20 milhões

No dia 6 de maio de 2018, a 17ª Brigada de Infantaria de Selva (17ª Bda Inf Sl) iniciou a Operação Ágata – Ajuricaba I na área de sua responsabilidade, nos estados de Rondônia, Acre e no sul do Amazonas, com a finalidade de combater os ilícitos e transfronteiriços/ambientais e intensificar a presença do Estado nas regiões da faixa de fronteira.

De acordo com o Exército brasileiro, essas ações são feitas através de patrulhas e inspeções nos principais rios, estradas, aeródromos e áreas ambientais.

A ação conjunta envolveu diversas instituições e órgãos de Segurança Pública (OSP) dos estados de Rondônia, Acre e Amazonas, entre outros parceiros.

A 17ª Bda Inf Sl atuou com o efetivo de 901 militares e teve o apoio de 367 integrantes dos órgãos parceiros, empregando 68 viaturas e 11 embarcações, além de 3 helicópteros, sendo 2 do Exército e 1 da Polícia Militar de RO. Até o presente momento, os resultados estimados dessa operação está em R$ 22.150.000,00.

Apreensões

Foram apreendidas 3 embarcações, 5 motos, 27 armas, 7.350 munições, 26.500 m³ de madeira, maquinários e ferramentas diversos, pequenas quantidades de drogas, combustível, carne e valores em espécie. Três pessoas foram presas em flagrante.

Ação Social

A Operação Ágata – Ajuricaba I tem também uma vertente social de apoio humanitário, e se estendeu pelas comunidades adjacentes aos Pelotões Especiais de Fronteira (PEF) e comunidades onde se desenvolvem as atividades operacionais. Nessas Ações Cívico Sociais (ACISO), foram realizados 1.184 atendimentos médicos, 751 atendimentos odontológicos, 18 atendimentos psicopedagógicos, 136 procedimentos diversos de prevenção de saúde, 452 cirurgias, 61 exames, 338 distribuições de medicamentos, e 22 vacinações, que somados possuem um valor estimado de R$ 723.650,00.


Fonte: Diário da Amazônia


  • Exército faz apreensões calculadas em mais de R$ 20 milhões






www.jornalcorreiodovale.com.br