Seu navegador não tem suporte a JavaScript.

Notícia

Geral

05/12/2017 21:00 h

Em Brasília, Lebrão defende a integração entre Brasil e Bolívia

Em Brasília, Lebrão defende a integração entre Brasil e Bolívia

Integração entre os países deve ocorrer através do Vale do Guaporé

Na manhã desta terça-feira (5), o deputado Lebrão (PMDB) participou em Brasília de uma reunião com o presidente da Bolívia, Evo Morales. O encontro teve como objetivo debater a instalação de um porto fronteiriço na cidade boliviana de Puerto Ustares e em Costa Marques, no Forte Príncipe da Beira. Também foram acertadas propostas comerciais e de transporte.

Estavam presentes, também, quatro governadores de Estados da região próxima à fronteira com a Bolívia: Tião Viana, do Acre; Confúcio Moura, de Rondônia; Pedro Taques, do Mato Grosso; e Reinaldo Azambuja, do Mato Grosso do Sul. O grupo assinou um memorando sobre o corredor ferroviário bioceânico de integração e se encontrará novamente no próximo dia 30 de janeiro.

Desde 2011 Lebrão realiza reuniões e audiências para debater a integração entre os dois países através do Vale do Guaporé.

“Levanto essa bandeira desde meu primeiro mandato. Venho lutado para que o corredor entre Costa Marques, no Brasil, e o Departamento do Beni, na Bolívia, tenha facilidade de acesso. Com essa integração, Costa Marques deixará de ser o final da linha e passará a ser o ponto principal de um corredor de exportação e importação”, explanou o parlamentar.

Atualmente, o Brasil é o maior parceiro comercial da Bolívia. É também o principal mercado de destino das exportações bolivianas, 19%. Em 2016, o intercâmbio bilateral alcançou US$ 2,8 bilhões. A pauta de exportações brasileiras para a Bolívia é diversificada e composta principalmente de manufaturados.


Fonte: Assessoria de imprensa


  • Em Brasília, Lebrão defende a integração entre Brasil e Bolívia






www.jornalcorreiodovale.com.br