Seu navegador não tem suporte a JavaScript.

Notícia

Saúde

11/05/2018 08:29 h

Barco Hospital realiza primeira viagem de 2018 e prevê mais de 5 mil atendimentos a famílias, RO

Barco Hospital realiza primeira viagem de 2018 e prevê mais de 5 mil atendimentos a famílias, RO

Neste sábado (12), o Barco Hospital Walter Bártolo, da Secretaria Estadual de Saúde (Sesau), faz a primeira viagem de 2018, saindo de Guajará-Mirim, e fazendo a primeira parada na comunidade de Pimenteiras. No dia 16, a equipe médica sai de Porto Velho, iniciando o atendimento à população no dia 17. Os horários de atendimento são os mesmos para todas as localidades, começando às 7h30 até 12h30, e retomando às 13h30 às 17h30. A entrega das senhas é por ordem de chegada dos pacientes.

Em Pimenteiras, o barco fica até o final da tarde do dia 18, de onde se descolará para a comunidade de Laranjeiras. Da mesma forma, a equipe permanece na localidade até às 18 horas do dia seguinte (19), para então partir com destino a Porto Rolim, onde o atendimento será nos dias 20 e 21. O próximo lugar a receber o serviço é Pedras Negras, no dia 22, e depois é a vez de Santo Antônio, no dia 23.

A comunidade de Santa Fé recebe o Barco Hospital no dia 24, e no dia seguinte (25) será a população de Forte Príncipe da Beira. No dia 27, a unidade de saúde fluvial retorna para Guajará-Mirim e a equipe médica sai de Costa Marques com destino a Porto Velho. Segundo a coordenadora das ações do barco, Alessandra Maria Costa Conceição, esta é a primeira vez que a unidade realiza o serviço em parceria com o Instituto Kaleo, projeto Amazon Saviors, voltado para o atendimento em barco hospitalar, com assistência médica, odontológica, saúde preventiva, e oficinas educacionais para as famílias ribeirinhas às margens do Rio Madeira e Guaporé.

A ONG conta com a participação de 20 profissionais voluntários australianos, que doarão tempo e talentos para ajudar à população carente da região. O instituto selecionou voluntários com formação profissional na área de saúde ou com experiência em missões, e os participantes pagam a hospedagem, alimentação e passagens aéreas e deslocamento de Porto Velho até o local das ações.

Serão oferecidas consultas médicas com clínico geral, consultas médicas com pediatra, com cardiologista, fisioterapeuta, atendimento odontológico, vacinação, aferição de pressão e teste de glicemia, exames de laboratório, ultrassom e preventivos, eletrocardiograma, farmácia, atendimentos terapêutico e psicológico, consulta veterinária (vacinação de raiva, vermifugação de cães e gatos), além de palestras de educação em saúde bucal e higiene pessoal. Haverá entrega de kits de higiene bucal, e na área de fonoaudiologia serão feitos testes de audiômetro meatoscopia, audiometria tonal, comportamental e logoaudiometria, emissões de otoacústicas evocadas, e teste da orelhinha.

“Além dos voluntários da Austrália, teremos médicos da Alemanha, voluntários da Argentina e Estados Unidos, e ainda de outros estados do país, como Bahia, São Paulo, Mato Grosso e Rio de Janeiro. Em contrapartida nessa parceria, o governo de Rondônia entre com a estrutura do barco, medicamentos, e a tripulação de alimentação. Como a equipe é grande e são muitos serviços oferecidos, estimamos atender a mais de 5 mil pessoas, com mais de 15 mil procedimentos”, conclui a coordenadora.

Assista ao vídeo


Fonte: Secom - Governo de Rondônia


  • Barco Hospital realiza primeira viagem de 2018 e prevê mais de 5 mil atendimentos a famílias, RO






www.jornalcorreiodovale.com.br